terça-feira, 12 de abril de 2011

Exageros


Definitivamente orgias alimentares não fazem mais parte da minha vida.

Domingo fui com maridão almoçar no shopping: programa de mineiro. Fomos em uma casa de carnes... pedi o tal “prato do Bê” (dois pedaços de picanha, arroz branco, salada de folhas com palmito ao molho reduzido de balsâmico e purê de batatas com lascas de queijo.

Antes dois choops Hineken porque eu não sou obrigada.

Enfim, papo legal, companhia mil e comida pro meu bucho quase 100% magro.

Comida deliciosa e a Keila ferrou-se. Fiquei tão cheia com essa comida que me senti mal... a pressão deu uma baixada e fiquei com o estômago pesado. O que era para ser um domingo proveitosos tornou-se um domingo sonolento. Dormi por duas horas, acordei surtada e fiz um risoto de carne com championg para o marido e comi um prato raso. Azia é o meu sobrenome.

Hoje fiz uma alimentação fofinha só no café da manhã. Estou com um peso na pança e preciso desintoxicar.

Café da manha:

Iogurte light
Uma fatia de pão de forma integral com um fatia de pão de queijo
Duas xícaras de chá verde

Almoço: um pão de queijo (me crucifiquem)
Um copo de suco cancerígeno (me chicoteiem)

Lanche: uma esfirra de carne
2 xícaras de café, com açúcar sempre

Jantar: um subway
Chá mate-leão sabor limão 0 açúcar

Jacada:  1 cerveja Devassa
3 bolinhos fritos de risoto

Remédio: 1 xícara de chá verde

Resultado: azia e insônia

Nosso organismo acostuma com alimentação saudável e sem abusos... se eu estou conseguindo, já sabem que vocês também conseguem.

Já falei que preciso fazer atividades físicas, né? Ah bom!.

Um comentário:

carla disse...

Oláaaaaaaaaaaa Keilitha, menina não abuse dá sorte mocinha, continue fazendo tudo certinho, agora que vc tá gatona quer desandar tudo, ainda mais num dia só? Olha lá em mocinha, beijos.